referências

mestrado

Algumas das referências em uso no projeto de mestrado.

ALEXANDER, Christopher; ISHIKAWA, Sara; SILVERSTEIN, Murray. A Pattern Language. Towns, Buildings, Construction. Oxford: Oxford University Press, 1977

AUTHER, Elissa; LERNER, Adam (org.). West of Center. Art and the Counterculture Experiment in America, 1965–1977. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2011.

ARANTES, Otília. [1998] Urbanismo em fim de linha e outros estudos sobre o colapso da modernização arquitetônica. São Paulo: Edusp, 2001.
_____. [1993] O lugar da arquitetura depois dos modernos. São Paulo: Edusp, 2000.

BESSE, Jean-Marc. [2000] Ver a Terra. São Paulo: Perspectiva, 2006.

BONDÍA, Jorge Larrosa. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. In: Revista Brasileira de Educação, nº 19, 2002.

BOOKCHIN, Murray. Toward an Ecological Society. Montreal: Black Rose Books, 1978.

BRAND, Stewart. [1994] How Buildings Learn. What Happens After They’re Built. Nova Iorque: Viking Press, 1995.
_____. Whole Earth Discipline. An Ecopragmatist Manifesto. Nova Iorque: Viking Press, 2009.

BUSBEA, Larry. Topologies. The Urban Utopia in France, 1960–1970. Cambridge: MIT Press, 2007.

CAUQUELIN, Anne. [2000] A invenção da paisagem. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

DEBORD, Guy. [1969] A sociedade do espetáculo. Disponível em <http://theanarchistlibrary.org/library/guy-debord-the-society-of-the-spectacle&gt;

DUTTON, Thomas; MANN, Lian (org). Reconstructing Architecture. Critical Discourses and Social Practices. Minneapolis: University of Minnesota Press, 1995.

FAIRFIELD, Richard. The Modern Utopian. Alternative Communities of the ’60s and ’70s. Port Townsend: Process, 2010.

FORTY, Adrian. Words and Buildings. A Vocabulary of Modern Architecture. Londres: Thames & Hudson, 2004.

FRAMPTON, Kenneth. [1980] História crítica da arquitetura moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

FRIEDMAN, Yona. [1971] Toward a Scientific Architecture. Cambridge: MIT Press, 1975.

GHIRARDO, Diane. [1996] Arquitetura contemporânea. Uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

GROSSMAN, Vanessa. A arquitetura e o urbanismo revisitados pela internacional situacionista. São Paulo: Annablume, 2006.

GUHA, Ramachandra. Environmentalism. A Global History. Londres: Pearson, 1999.

HABRAKEN, John. Supports. An Alternative do Mass Housing. Londres: Architectural Press, 1972.

HALL, Peter. [1988] Cidades do amanhã. Uma história intelectual do planejamento e do projeto urbanos no século XX. São Paulo: Perspectiva, 1995.

HARVEY, David. [2000] Espaços da esperança. São Paulo: Loyola, 2004.
_____. [1990] Condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1992.

HUGUES, J. Donald. An Environmental History of the World: Humankind’s Changing Role in the Community of Life. Londres: Routledge, 2009.

LEFEBVRE, Henri. [1968] O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2008.
_____. [1970] A revolução urbana. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1999.
_____. [1980] La presencia y la ausencia. Contribución a la teoría de las representaciones. México: Fondo de Cultura Economica, 2006.

LUKE, Thimoty. Ecocritique. Contesting the Politics of Nature, Economy, and Culture. Minneapolis: University of Minnesota Press, 1997.
_____. Capitalism, Democracy and Ecology. Departing from Marx. University of Illinois Press, 1999.

MAGALI, Sarfatti Larson. Behind the Post-Modern Facade. Berkeley: University of California Press, 1992. <disponível em http://publishing.cdlib.org/ucpressebooks/view?docId=ft7c60084k&gt;

MARTIN, Reinhold. Utopia’s Ghost. Architecture and Postmodernism, again. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2010.

MCHARG, Ian. [1969] Design with Nature. Nova Jérsei: Wiley, 1995.

MIYASAKA, Elza Luli. Re:visão. Habitat nos anos 1960. Dissertação de mestrado apresentada ao Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos em 2011.

NESBITT, Kate. [1996] Uma nova agenda para a arquitetura. Antologia teórica: 1965–95. São Paulo: Cosac & Naify, 2007.

OCKMAN, Joan (org.). Architecture Criticism Ideology. Nova Iorque: Princeton Architectural Press, 1984.

SANDEVILLE Jr., Euler. Paisagens e métodos. Algumas contribuições para a elaboração de roteiros de estudo da paisagem intraurbana. In: Paisagens em debate, v. 2, p. 1, 2004.
_____. Paisagem. In: Paisagem e ambiente, n. 20; 2005, pp. 47–59.
_____. Paisagens partilhadas. Tese de livre-docência apresentada à FAUUSP em 2010.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço. Técnica e tempo. Razão e emoção. São Paulo: Edusp, 2006.

SCHAMA, Simon. [1995] Paisagem e memória. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

SCOTT, Felicity. Architecture or Techno-Utopia. Politics After Modernism. Cambridge: MIT Press, 2007.

SILVA, Marcos Virgílio da. Naturalismo e biologização das cidades na constituição da ideia de meio ambiente urbano. Dissertação de mestrado apresentada à FAUUSP em 2005.

STEIGUER, J. E. de. The Origins of Modern Environmental Thought. Tucson: University of Arizona Press, 2006.

STEVENS, Garry. [1998] O círculo privilegiado. Fundamentos sociais da distinção arquitetônica. Brasília: Editora UnB, 2003.

TAFURI, Manfredo. [1968] Theories and History of Architecture. Londres: Icon, 1981.
_____. [1973] Architecture and Utopia. Design and Capitalist Development. Cambridge: MIT Press, 1979.

TILL, Jeremy. Architecture Depends. Cambridge: mit Press, 2009.

TURNER, Fred. From counterculture to cyberculture. Stewart Brand, the Whole Earth Network and the Rise of Digital Utopianism. Chicago: The University of Chicago Press, 2006.

TZONIS, Alexander. Towards a Non-Oppressive Environment. Cambridge: MIT Press, 1976.

WILLIAMS, Raymond. [1976] Palavras-chave. Um vocabulário de cultura e sociedade. São Paulo: Boitempo, 2007.
_____. [1973] O campo e a cidade. Na história e na literatura. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

tfg

Algumas das referências usadas durante o desenvolvimento do trabalho final de graduação cuja elaboração era retratada neste blogue entre 2010 e 2012.

•••

(Lista em constante construção e reconstrução)

ALEXANDER, Christopher; ISHIKAWA, Sara; SILVERSTEIN, Murray. A Pattern Language. Towns, Buildings, Construction. Oxford: Oxford University Press, 1977

ALEXANDER, Christopher. The Oregon Experiment. Oxford: Oxford University Press, 1975.
_____. Notes on the Synthesis of Form. Cambridge: Harvard University Press, 1964.

ANDERSON, Perry. [1998] The Origins of Postmodernity. Londres: Verso, 2006.

ARANTES, Otília. [1998] Urbanismo em fim de linha e outros estudos sobre o colapso da modernização arquitetônica. São Paulo: Edusp, 2001.
_____. [1993] O lugar da arquitetura depois dos modernos. São Paulo: Edusp, 2000.

ARANTES, Pedro Fiori. Arquitetura na era digital-financeira. Tese de doutorado apresentada à FAUUSP em 2010.
_____. “O lugar da arquitectura em um planeta de favelas” in Opúsculo, n. 11, 2008. <disponível em www.dafne.com.pt/pdf_upload/opusculo_11.pdf>
_____. Arquitetura Nova. Sérgio Ferro, Flávio Império e Rodrigo Lefèvre, de Artigas aos mutirões. São Paulo: Editora 34, 2002. <disponível em www.usinactah.org.br/files/livroaraquiteturanova.pdf>

ARNSTEIN, Sherry. [1969] “A ladder of citizen participation.” Disponível em <http://lithgow-schmidt.dk/sherry-arnstein/ladder-of-citizen-participation.html&gt;

AURELI, Pier Vittorio. The Project of Autonomy. Politics and Architecture within and against Capitalism. Nova Iorque: Princeton Architectural Press, 2008.

BARBOSA, Ana Mae. Ensino da arte. História e memória. São Paulo: Perspectiva, 2008.

BARONE, Ana Cláudia Castilho. Team 10. Arquitetura como crítica. São Paulo: Annablume, 2006.

BARROS, Francisco Toledo. ‘Mas como? Não importa (?), é belo!’. Trabalho final de graduação apresentado à FAUUSP em 2004. <disponível em http://pt.scribd.com/doc/47406139/Tfg-Chico-Barros-capitulo-1-Critica-Base-Ao-Ensino-de-Arquitetura>

BASAR, Shumon (org.); MIESSEN, Markus (org.); OBRIST, Hans-Ulrich (org.). Did Someone Say Participate? An Atlas of Spacial Practice. Cambridge: MIT Press, 1996.

BENJAMIN, Walter. [1940] “Sobre o conceito da história” in Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1986, pp. 222-232. <versão em inglês disponível em http://www.marxists.org/reference/archive/benjamin/1940/history.htm>

BOUCINHAS, Caio. Projeto participativo na produção do espaço público. Tese de doutorado apresentada à FAUUSP em 2005.

CHAUÍ, Marilena. “Cultura, democracia e socialismo” in Cidadania cultural. O direito à cultura. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2006.

CHOAY, Françoise. [1965] O urbanismo. São Paulo: Perspectiva, 2000.

CRESPO, Omayra Rivera. Procesos de participación. proyectar, construir y habitar la vivienda contemporánea. Tese de doutorado apresentada à Universidade Ramon Llull em 2009.

DUTTON, Thomas (org). Voices in Architectural Education. Cultural Politics and Pedagogy. Nova Iorque: Bergin and Garvey, 1991.

DUTTON, Thomas; MANN, Lian (org). Reconstructing Architecture. Critical Discourses and Social Practices. Minneapolis: University of Minnesota Press, 1995.

FRAMPTON, Kenneth. [1980] História crítica da arquitetura moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

FERRO, Sérgio. Arquitetura e trabalho livre. São Paulo: Cosac & Naify, 2006.
_____. A história da arquitetura a partir do canteiro. São Paulo: GFAU, 2010.

FONSECA, Sérgio César. “Educação e atualidade brasileira: Paulo Freire e a aproximação com as ideias de Anísio Teixeira” in Anais do III CBHE. Curitiba, 2004.

FORTY, Adrian. Words and Buildings. A Vocabulary of Modern Architecture. Londres: Thames & Hudson, 2004.

FOSTER, Hal. Design and Crime (and other diatribes). Londres: Verso, 2002.

FREIRE, Paulo. [1996] Pedagogia da autonomia. Saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2010.
_____. [1992] Pedagogia da esperança. Um reencontro com a Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008.
_____. [1971] Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.
_____. [1968] Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.
_____. [1959] Educação e atualidade brasileira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

FRIEDMAN, Yona. Toward a Scientific Architecture. Cambridge: MIT Press, 1975.

GADOTTI, Moacir. Paulo Freire. Uma biobibliografia. São Paulo: Cortez, Instituto Paulo Freire; Brasília: Unesco, 1996.

GARCÍA-HUIDOBRO, Fernando; TORRITI, Diego Torres; TUGAS, Nicolás. El tiempo construye! El Proyecto Experimental de Vivienda (PREVI) de Lima: génesis y desenlace. Barcelona: Gustavo Gili, 2008.

GHIRARDO, Diane. [1996] Arquitetura contemporânea. Uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

GRINOVER, Marina; RUBINO, Silvana (org.). Lina por escrito. Textos escolhidos de Lina Bo Bardi. São Paulo: Cosac & Naify, 2009.

GROSSMAN, Vanessa. A arquitetura e o urbanismo revisitados pela internacional situacionista. São Paulo: Annablume, 2006.

HALL, Peter. [1988] Cidades do amanhã. Uma história intelectual do planejamento e do projeto urbanos no século XX. São Paulo: Perspectiva, 1995.

HARVEY, David. [2000] Espaços da esperança. São Paulo: Loyola, 2004.
_____. [1990] Condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1992.

HUGHES, Jonathan; SADLER, Simon (org.). [1999] Non-plan. Essays on Freedom, Participation and Change in Modern Architecture and Urbanism. Oxford: Elsevier, 2007.

JAMESON, Fredric. [1991] A lógica cultural do capitalismo tardio. São Paulo: Ática, 1996.

JONES, Peter Blundell; PETRESCU, Doina; TILL, Jeremy. Architecture and Participation. Londres: Routledge, 2005.

JUNQUEIRA, Maria Alice; ZEIN, Ruth Verde. Brasil. Arquiteturas após 1950. São Paulo: Perspectiva, 2010.

HABRAKEN, John. Supports. An Alternative to Mass Housing. Londres: Architectural Press, 1972.

KAPP, Silke. “Por que Teoria Crítica da Arquitetura? Uma explicação e uma aporia” in MALARD, Maria Lúcia (org.). Cinco Textos Sobre Arquitetura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005, pp 115–167. Disponível em <http://www.mom.arq.ufmg.br/05_biblioteca/acervo/kapp_por_que_teoria.htm&gt;.

KAPP, Silke; BALTAZAR, Ana Paula. “Against Determination, Beyond Mediation” in Agency. Working with uncertain architectures. Nova Iorque: Routledge, 2010.

“Leaderless, consensus-based participatory democracy and its discontents” in The Economist, 19 de outubro de 2011. Disponível em <http://www.economist.com/blogs/democracyinamerica/2011/10/occupy-wall-street-3&gt;, visitado em janeiro de 2012.

LEFEBVRE, Henri. [1968] O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2008.

LEFÈVRE, Rodrigo. Projeto de um acampamento de obra. Dissertação de mestrado apresentada à FAUUSP em 1981.
_____. Notas de um estudo sobre os objetivos do ensino de arquitetura e meios para atingi-los em trabalho de projeto. São Paulo: FAUUSP (mimeo), 1978.

LIMA, Mayumi Watanabe. Arquitetura e educação. São Paulo: Nobel, 1995.

LOPES, João Marcos. Em memória das mãos. O desencantamento da técnica na arquitetura e no urbanismo. Tese de doutorado apresentada à UFSCAR em 2006.

MAGALI, Sarfatti Larson. Behind the Post-Modern Facade. Berkeley: University of California Press, 1992. <disponível em http://publishing.cdlib.org/ucpressebooks/view?docId=ft7c60084k>

MARICATO, Ermínia. “Nunca fomos tão participativos” in Carta maior, 26.11.2007. <disponível em http://www.cartamaior.com.br/templates/colunaMostrar.cfm?coluna_id=3774&gt;

MARTIN, Reinhold. Utopia’s Ghost. Architecture and Postmodernism, again. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2010.

McGRANE, Sally. “Free-Spirited Enclave’s Reluctant Landowners Fear Capitalism’s Harness” in The New York Times, 12 de janeiro de 2012. Disponível em <http://www.nytimes.com/2012/01/13/world/europe/danish-squatters-in-christiania-warily-try-ownership.html&gt;.

MÉSZÁROS, István. [2005] Educação para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2005.

MIYASAKA, Elza Luli. Re:visão. Habitat nos anos 1960. Dissertação de mestrado apresentada ao Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos em 2011.

MOM. “Arquitetura e participação: a caminho da produção de interfaces e não de espaços acabados”. Disponível em <http://www.mom.arq.ufmg.br/10_arquitetos/quadro.htm>.

NAKAMURA, Pedro. O projeto como ferramenta do diálogo. Trabalho final de graduação apresentado à FAUUSP em 2010.

NESBITT, Kate. [1996] Uma nova agenda para a arquitetura. Antologia teórica: 1965–95. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

OCKMAN, Joan (org.). Architecture Criticism Ideology. Nova Iorque: Princeton Architectural Press, 1984.

REDIN, Euclides; STRECK, Danilo; ZITKOSKI, Jaime. [2008] Dicionário Paulo Freire. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

RONCONI, Reginaldo. A inserção do canteiro experimental nas faculdades de arquitetura e urbanismo. Tese de doutorado apresentada à FAUUSP em 2002.

SANDEVILLE Jr., Euler. “A paisagem do município como território educativo” in PADILHA, Paulo; CECCON, Sheila; RAMALHO, Priscila (orgs.). Município que educa. Fundamentos e propostas. São Paulo: ED, 2010.
_____. Paisagens partilhadas. Tese de livre-docência apresentada à FAUUSP em 2010.
_____. “Paisagem” in Paisagem e ambiente, n. 20; 2005, pp. 47–59.

SANOFF, Henry (org). Participatory Design. Theory and Techniques. Raleigh: edição do autor, 1990.
_____. Designing with Community Participation. Nova Iorque: McGraw Hill, 1978.

SARAHANA. “Slavoj Žižek speaks at Occupy Wall Street: Q&A transcript” in Impose Magazine. Disponível em <http://www.imposemagazine.com/bytes/slavoj-zizek-speaks-at-occupy-wall-street-qa-transcript&gt;, visitado em janeiro de 2012.

SEGRE, Roberto. [1986] Arquitetura e urbanismo da revolução cubana. São Paulo: Nobel, 1987

SCOTT, Felicity. Architecture or Techno-Utopia. Politics After Modernism. Cambridge: MIT Press, 2007.

SCHNEIDER, Tatjana; TILL, Jeremy. “Beyond Discourse: Notes on Spatial Agency” in Footprint. Delft School of Design Journal n. 4, 2009; disponível em <http://www.footprintjournal.org/issues/show/agency-in-architecture-reframing-criticality-in-theory-and-practice>.

SOUZA, Diego Inglez. Reconstruindo Cajueiro Seco. São Paulo: Annablume, 2010.

STEVENS, Garry. [1998] O círculo privilegiado. fundamentos sociais da distinção arquitetônica. Brasília: Editora UnB, 2003.

TAFURI, Manfredo. [1980] The Sphere and the Labyrinth. Cambridge: MIT Press, 1987.
_____. [1973] Architecture and Utopia. Cambridge: MIT Press, 1976.

TEYSSOT, Georges. “Aldo van Eyck and the Rise of an Etnographic Paradigm in the 60s” in Revista Joelho, n. 2, pp. 51–67.

TILL, Jeremy. Architecture Depends. Cambridge: MIT Press, 2009.

TURNER, Fred. From counterculture to cyberculture. Stewart Brand, the Whole Earth Network and the Rise of Digital Utopianism. Chicago: The University of Chicago Press, 2006.

TURNER, John Charlewood. [1977] Housing by People. Towards Autonomy in Building Environments. Londres: Marion Boyars, 2000.
____. Freedom to Build. Dweller Control of the Housing Process. Nova Iorque: MacMillan, 1977.

TYRWHITT, Jaqueline; BELL, Gwen (org). Human Identity in the Urban Environment. Harmondsworth: Penguin, 1972.

TZONIS, Alexander. Towards a Non-Oppressive Environment. Cambridge: MIT Press, 1976.

WARD, Anthony. “Resistance or Reaction? The Cultural Politics of Design” in Architecture and Behaviour, v. 9, n. 1, pp. 39–68, 1993. Disponível em <http://www.tonywardedu.com/content/view/151/98/&gt;, visitado em janeiro de 2012.

WARD, Colin. Housing: an Anarchist Approach. Londres: Freedom Press, 1976.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s