imagens da quarentena (3/4): cozinhando

3 de abril de 2020, décimo segundo dia da quarentena

Li na edição desta semana do Manual do usuário que uma pesquisa recente nos EUA apontou que o consumo de podcasts diminuiu desde o início da crise do coronavírus. Nada indica que tenha havido um repentino desinteresse pela mídia, dado o seu crescimento constante nos últimos anos: o mais provável é que as razões para tanto estejam relacionadas às ações de quarentena e isolamento.

Com efeito, eu chutaria que parte considerável dos ouvintes de podcasts o faz durante seus trajetos cotidianos ou eventualmente praticando esportes — e com mais tempo em casa, outras atividades podem substituir o hábito.

Não é o meu caso. Meus trajetos diários felizmente são curtos e se resolvem com uma breve caminhada. Acostumei-me a ouvir podcasts durante atividades de cuidado com a casa, lavando a louça e cozinhando. Cozinhar, aliás, já virou praticamente um sinônimo de ouvir podcasts.

Dizem, aliás, que podcasts são a nova banda de garagem: todo mundo participou, participa ou participará de algum. O ditado certamente vale para mim: participo do Fora de prumo, podcast desalinhado sobre arquitetura, design e urbanismo.


São tempos difíceis, todos sabemos. O presidente da República atenta contra a saúde pública todos os dias, seja com pronunciamentos estapafúrdios, seja com canetadas perversas. Estamos em casa e esperamos achatar a famosa curva. Enquanto não há muito mais o que fazer, olhamos para alguns dos objetos cotidianos ao nosso redor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.