piratear significa também preservar nossa privacidade

Dia desses me dei conta de uma obviedade — mas uma obviedade daquelas de que, de tão introjetadas no cotidiano, nos esquecemos facilmente. Trata-se do seguinte fato: empresas de transmissão de filmes, séries e música sob demanda (“streaming”) reúnem um conjunto significativo de dados sobre as nossas vidas particulares. Corporações como Amazon, Apple, Disney, Google,… Continue lendo piratear significa também preservar nossa privacidade

quarentenoutubro (22/10/2020): podcast

O caráter aberto dos sistemas de alimentação de conteúdo de tipo RSS faz dos podcasts — que tradicionalmente, em grande parte, utilizam tais protocolos — um dos últimos resquícios ainda vibrantes da velha web aberta que caracterizou, em alguma medida, as décadas de 1990 e 2000. Nos anos 2010 a onipresença das redes sociais —… Continue lendo quarentenoutubro (22/10/2020): podcast