injustiça

originalmente publicado em http://notasurbanas.blogsome.com/2009/11/11/injustica/

Vinte anos depois, sai a sentença. Como era de se esperar, o Judiciário deu ganho de causa às elites.

Segundo Erundina: Foi um julgamento ideológico, exatamente por se tratar de um governo que tinha uma posição política, que tinha lado, não era neutro. Se eu tivesse tomado uma posição contrária aos trabalhadores não teria sido condenada e estaria tudo bem.

Ela está certa: Maluf continua impune e Serra continua a se utilizar de dinheiro público para se autopromover – e a favor deles se posicionam Veja, Estadão e similares.

Erundina liderou o primeiro governo democrático e popular do município de São Paulo. Recebe com isto um tapa na cara por parte das elites. Na mesma semana, um ato de neofascismo. Vazio político. Medo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s