jardim marielle franco

Da rua, atravessamos uma breve passarela. O jardim, como um mirante, está implantado no terraço de um pequeno hotel — construção ágil baseada em elementos pré-fabricados — escondido entre a área da Estação do Leste, com suas muitas plataformas enfileiradas, e o muro de arrimo que dá apoio à rua.

Numa cidade acostumada com ruas tão densas e fechadas, este jardim — um verdadeiro belvedere sobre o pátio da estação ferroviária — se revela um respiro ao cotidiano acelerado dos arredores.

O jardim será certamente frequentado por muitos viajantes aguardando a saída de seus trens, por trabalhadores da região em seus horários de almoço, por viajantes saindo da estação do Leste em direção à estação do Norte. Possivelmente será a última agradável lembrança de muitos viajantes passando por Paris — como foi a nossa, quando lá estivemos. Oferecerá sombra em dias quentes, pausa em dias agitados. Abre-se à vista panorâmica da cidade em meio ao tumulto das ruazinhas de seu entorno.

Mais do que uma praça linear, o jardim se configura como uma espécie de orla debruçando-se sobre as plataformas ferroviárias. Caracteriza-se por uma sequência de fileiras ora mais sombreadas, ora mais abertas, ora mais arborizadas, ora mais arbustivas.

Seu nome, um dos mais potentes, mais inspiradores, mais presentes em nossa história política recente. Mulher, negra, socialista, bissexual, da favela, desafiadora dos poderosos. Assassinada por grupos com potenciais fortes vínculos com os milicianos que hoje ocupam o Planalto.

Marielle Franco, presente.

(Ao menos na França. No Brasil o poder das milícias insiste em tentar silenciar a memória desta que, possivelmente, seria nossa futura presidenta em um governo popular e democrático)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.