29.03.2013: impressões rápidas de perus

caderneta de desenhos

Foi uma visita rápida, panorâmica: incompleta, portanto, mas agradável. O que seguem são meros fragmentos.

Visitei balaústres, lajes, praças, pérgolas, balanços, bancos, mesas, mirantes. Subidas, descidas, morros, escadas hidráulicas, ladeiras. Ruas de comércio, sacolas, compras, bolsas. Casinhas, casebres, vielas, rios, córregos, várzea. Casas antigas: pastilhas, vitrôs, varandas. Casas mais novas: alvenaria, madeira, cimento, lajes “pré”, telhadinhos. Cabras, cachorros, gatos, coelho. Memória e lembranças.

Usina, lixão, crédito de carbono: pergolados. Discurso, matéria, ideologia.

Entre outras, uma linda casa — “castelinho”, como é chamada — revestida com mosaico construído com memória e trabalho de anos: caquinhos colhidos em lugares diferentes e partilhados em um mesmo artefato de feição múltipla, coerente e bela.

Recanto dos humildes, dos alegres, dos vivos, da sobrevivência. Mercado Pavão. Bamburral. Uma fábrica abandonada pelos proprietários e amada pelos seus viventes. Vila, triângulo, trilho, bitola 60, ruínas.

EMEIs, EMEFs, CEIs, CEU: faltam ainda salas.

Quanto maior a aproximação, maior o risco de desrespeitar o ritmo e a vida do lugar. É no lugar e em sua gente que se encontra de fato a potencialidade do saber. O risco da invasão cultural é sempre grande.

Corre-se sempre, aliás, o risco de construir, em registros fugidios como o meu, uma caricatura pedante e distante do lugar: fica o alerta de que estes fragmentos não substituem a experiência — nem, muito menos, o saber do lugar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.