sobre a exposição “steve jobs, o visionário”

Em janeiro de 2015 visitei pela primeira vez o Museu da Cidade de Nova Iorque. Trata-se sem dúvidas de um excelente museu: apesar de pequeno, possui boas curadorias, expografias bem produzidas e um manejo engenhoso dos recursos que aparenta ter disponíveis, certamente mais modestos que os dos demais espetaculares museus novaiorquinos. Algo em uma de… Continue lendo sobre a exposição “steve jobs, o visionário”

califórnia, 1971: whole earth catalog em produção

Seguem algumas raras imagens dos processos de concepção e produção do periódico Whole Earth Catalog, filmadas na Califórnia, em 1971, pelo seu editor Stewart Brand. Entre as imagens, encontram-se momentos de construção dos lendários domos geodésicos fullerianos adorados pela cultura hippie do período, assim como das estruturas infláveis utilizadas pelo coletivo Ant Farm. O vídeo… Continue lendo califórnia, 1971: whole earth catalog em produção

frank lloyd wright, designer gráfico

O material gráfico produzido por Frank Lloyd Wright e pelo seu escritório sempre me fascinou: desde seus desenhos e perspectivas peculiares e dotados de uma linguagem própria até a caligrafia característica adotada. Seu jeito elegante, por exemplo, de traçar os letreiros de seus desenhos — meio art déco, meio arts & crafts, mas ainda assim… Continue lendo frank lloyd wright, designer gráfico

helvetica e borracha

De uma única vez, na fotografia abaixo, desaparecem dois dos referenciais visuais mais significativos do Metrô de São Paulo: de um lado, o famoso piso de borracha preto que acompanhou seus usuários durante algumas décadas, substituído por placas de granito cinza. De outro lado, no letreiro branco, desaparece a usual Helvetica, trocada desajeitadamente pela Arial.… Continue lendo helvetica e borracha

guy debord sobre steve jobs, o facebook e o star system

1. Nas sociedades onde reinam as modernas condições de produção, a vida aparece como uma imensa acumulação de espetáculos. Tudo que era antes diretamente vivido reduziu-se a representação. […] 4. O espetáculo não é uma coleção de imagens; ele é uma relação social entre pessoas mediada por imagens. 34. O espetáculo é capital acumulado a… Continue lendo guy debord sobre steve jobs, o facebook e o star system

paulo freire e o power point

A digitalização do acervo do professor Paulo Freire e sua livre e ampla disponibilização na internet tem sido uma competente e bem-vinda iniciativa do Instituto Paulo Freire. É delicioso sobretudo verificar o acervo iconográfico já disponível. De fato, parte das imagens disponíveis já havia sido disponibilizada há mais tempo pelos Fóruns de Educação de Jovens… Continue lendo paulo freire e o power point

panton vermelha

Uma das mais interessantes seções da revista eletrônica Design Observer se chama "Mistérios acidentais": a cada semana seu curador, John Foster, reúne de forma meio fragmentada, meio casual, documentos e imagens inusitadas, exóticas e curiosas relacionadas a um determinado tema de seu interesse. Foster é colecionador do que chama de "arte de autodidatas" e "fotografia… Continue lendo panton vermelha

arquitetura da apple

Nesta semana a revista Forbes contribuiu à manutenção e ampliação do ainda intenso (e patético) culto à aura de Steve Jobs: o artigo "Histórias não contadas sobre Steve Jobs: Amigos e colegas compartilham suas memórias", em tom propositalmente descontraído, revela alguns episódios curiosos da trajetória do empresário. Segue uma passagem interessante sobre a arquitetura das… Continue lendo arquitetura da apple

prof. pardal e tio patinhas: o designer e a reprodução

O fragmento abaixo foi extraído de um clássico e delicioso texto de José de Souza Martins. […] Prof. Pardal, inventor desastrado, desespera-se na tentativa de solucionar com a sua inteligência, as suas pesquisas e a sua incansável dedicação à invenção e à descoberta os grandes e pequenos problemas de Patópolis. Seu desligamento do mundo é… Continue lendo prof. pardal e tio patinhas: o designer e a reprodução