bruno latour: memória, história e tempo

Alguns comentários sobre a invenção da memória e da história em Jamais fomos modernos: De onde nos vem a ideia de um tempo que passa? Da própria Constituição moderna. A antropologia está aí para nos lembrar que a passagem do tempo pode ser interpretada de diversas formas, como ciclo ou como decadência, como queda ou como… Continue lendo bruno latour: memória, história e tempo

liceu

Algumas palavras sobre a tragédia ocorrida na manhã desta terça-feira, 4 de fevereiro, na sede do Centro Cultural do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. 1. minha relação com o lugar Vivi o Liceu durante três anos, entre 2000 e 2002: conheci ali pessoas que influenciariam minhas escolhas e posturas futuras e foi… Continue lendo liceu

algumas palavras sobre patrimônio cultural (parte 1)

Gostaria de compartilhar algumas palavras sobre o tema do patrimônio cultural. Tratam-se de anotações que usei no último sábado no contexto das ações do Núcleo de Estudos da Paisagem ora em curso em Perus (que envolvem, em um mesmo tempo e espaço, uma disciplina de graduação, uma disciplina de pós-graduação e uma instância de extensão).… Continue lendo algumas palavras sobre patrimônio cultural (parte 1)

23.03.13: memórias e paisagens em perus

Ontem, em uma agradável manhã de sábado, partilhei de um rico encontro de memórias e paisagens. Tratava-se da terceira aula da oficina/curso conduzida por professores da FAUUSP e da FFLCH no distrito de Perus, reunindo em uma mesma instância disciplinas de graduação e pós-graduação envolvendo estudantes de variadas formações, bem como cursos livres e informais… Continue lendo 23.03.13: memórias e paisagens em perus