frank lloyd wright, designer gráfico

O material gráfico produzido por Frank Lloyd Wright e pelo seu escritório sempre me fascinou: desde seus desenhos e perspectivas peculiares e dotados de uma linguagem própria até a caligrafia característica adotada. Seu jeito elegante, por exemplo, de traçar os letreiros de seus desenhos — meio art déco, meio arts & crafts, mas ainda assim… Continue lendo frank lloyd wright, designer gráfico

Anúncios

helvetica e borracha

De uma única vez, na fotografia abaixo, desaparecem dois dos referenciais visuais mais significativos do Metrô de São Paulo: de um lado, o famoso piso de borracha preto que acompanhou seus usuários durante algumas décadas, substituído por placas de granito cinza. De outro lado, no letreiro branco, desaparece a usual Helvetica, trocada desajeitadamente pela Arial.… Continue lendo helvetica e borracha

paulo freire e o power point

A digitalização do acervo do professor Paulo Freire e sua livre e ampla disponibilização na internet tem sido uma competente e bem-vinda iniciativa do Instituto Paulo Freire. É delicioso sobretudo verificar o acervo iconográfico já disponível. De fato, parte das imagens disponíveis já havia sido disponibilizada há mais tempo pelos Fóruns de Educação de Jovens… Continue lendo paulo freire e o power point

"se o crime não compensa… de onde os arquitetos tiram tanto dinheiro?"

A bem-humorada e altamente impactante imagem abaixo era usada como cartaz pelo coletivo ARC (Architect's Revolutionary Council; Conselho Revolucionário de Arquitetos), formado por estudantes da Architectural Association de Londres nos anos 70. Situado em um contexto em que estudantes e jovens profissionais passavam a adotar práticas relacionadas com participação nos processos de projeto e obra,… Continue lendo "se o crime não compensa… de onde os arquitetos tiram tanto dinheiro?"