arquitetura e escravidão

Recentemente veio a público o dado de que o número de pessoas resgatadas de situação análoga à escravidão em áreas urbanas já excede aquele em áreas rurais. Não há com que se surpreender com isto, infelizmente, dada a intensa segregação social e elitismo que caracterizam o país — que já é urbano há tempos. A… Continue lendo arquitetura e escravidão

liceu

Algumas palavras sobre a tragédia ocorrida na manhã desta terça-feira, 4 de fevereiro, na sede do Centro Cultural do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. 1. minha relação com o lugar Vivi o Liceu durante três anos, entre 2000 e 2002: conheci ali pessoas que influenciariam minhas escolhas e posturas futuras e foi… Continue lendo liceu

algumas palavras sobre patrimônio cultural (parte 2)

Continuo aqui o registro de algumas anotações sobre as representações e as práticas associadas à ideia de patrimônio cultural. Como já alertei na parte 1 (a palavra "patrimônio"), não se trata de uma discussão acadêmica nem de um texto com qualquer pretensão científica, mas apenas de um conjunto de comentários descompromissados sobre o tema. A… Continue lendo algumas palavras sobre patrimônio cultural (parte 2)

frank lloyd wright, designer gráfico

O material gráfico produzido por Frank Lloyd Wright e pelo seu escritório sempre me fascinou: desde seus desenhos e perspectivas peculiares e dotados de uma linguagem própria até a caligrafia característica adotada. Seu jeito elegante, por exemplo, de traçar os letreiros de seus desenhos — meio art déco, meio arts & crafts, mas ainda assim… Continue lendo frank lloyd wright, designer gráfico

helvetica e borracha

De uma única vez, na fotografia abaixo, desaparecem dois dos referenciais visuais mais significativos do Metrô de São Paulo: de um lado, o famoso piso de borracha preto que acompanhou seus usuários durante algumas décadas, substituído por placas de granito cinza. De outro lado, no letreiro branco, desaparece a usual Helvetica, trocada desajeitadamente pela Arial.… Continue lendo helvetica e borracha

pavilhão das culturas brasileiras

••• A estética de tipo "caricatura de pobreza" adotada pela exposição Design da periferia me incomodou, apesar do competente trabalho curatorial e da interessante iniciativa de reunir objetos e artefatos produzidos e consumidos no cotidiano ignorado pelos círculos usuais do design e das artes. A expografia acaba criando um simulacro de pobreza: tudo parece fora… Continue lendo pavilhão das culturas brasileiras

paisagens simmelianas

Seguem algumas anotações sobre a forma como Georg Simmel mobiliza o conceito de paisagem em seu texto Filosofia da paisagem, publicado originalmente em 1913. Outros aspectos do mesmo texto já foram destacados aqui: arte, ciência, religião. Todas as citações são desta edição, disponível na rede: SIMMEL, Georg. [1913] A filosofia da paisagem. Covilhã: LusoSofia Press,… Continue lendo paisagens simmelianas

guy debord sobre steve jobs, o facebook e o star system

1. Nas sociedades onde reinam as modernas condições de produção, a vida aparece como uma imensa acumulação de espetáculos. Tudo que era antes diretamente vivido reduziu-se a representação. […] 4. O espetáculo não é uma coleção de imagens; ele é uma relação social entre pessoas mediada por imagens. 34. O espetáculo é capital acumulado a… Continue lendo guy debord sobre steve jobs, o facebook e o star system