sobre a exposição “steve jobs, o visionário”

Em janeiro de 2015 visitei pela primeira vez o Museu da Cidade de Nova Iorque. Trata-se sem dúvidas de um excelente museu: apesar de pequeno, possui boas curadorias, expografias bem produzidas e um manejo engenhoso dos recursos que aparenta ter disponíveis, certamente mais modestos que os dos demais espetaculares museus novaiorquinos. Algo em uma de… Continue lendo sobre a exposição “steve jobs, o visionário”

reyner banham sobre drop city

Em 1962 Reyner Banham publicou, na forma de livro-catálogo, um conjunto de apontamentos e comentários a respeito de episódios e edifícios representativos da arquitetura moderna que ele, em particular, apreciava. Na obra, intitulada Age of the Masters. A Personal View of Modern Architecture, Banham divide as obras e episódios a partir de recortes temáticos próprios, destacando… Continue lendo reyner banham sobre drop city

drop art, c. 1962

Seguem alguns trechos dos depoimentos de Clark Richert e Gene Bernofsky a Mark Matthews, publicados no livro-reportagem Droppers: America's First Hippie Community. Richert e Bernofsky, artistas e personagens da contracultura norte-americana, foram alguns dos criadores de Drop City, considerada a primeira de várias comunidades hippies alternativas que se instalariam no Sudoeste estadunidense ao longo dos anos 1960 e 70.

dome cookbook, algumas imagens

Algumas imagens de uma recém chegada cópia da primeira edição do lendário Dome Cookbook, de Steve Baer, publicado de forma semi-artesanal em 1968 pela Fundação Lama: Segundo Fred Turner, professor de comunicação da Universidade Stanford: Em fins da década de 1960, estes emblemas [os domos geodésicos de inspiração fulleriana] da inventividade americana do período da… Continue lendo dome cookbook, algumas imagens

“arte é cultura é natureza”

Parece ser pauta comum a diferentes discursos nos anos 1960 e 1970 (alguns de ordem contracultural, outros com pretensão científica, hegemônica) a constituição de uma esfera comum entre natureza e cultura, entre o artificial e o orgnânico. É o que também sugere o depoimento abaixo. "Arte é cultura é natureza", declarara a artista Bonnie Sherk,… Continue lendo “arte é cultura é natureza”

temas dos anos 1970 novamente em voga na imprensa especializada dos anos 2010…

À época da celeuma criada ao redor da Barbie arquiteta, fiz alguns comentários sobre a relação entre arquitetura e questões de gênero. Nesta semana, o excelente — embora, por vezes, pateticamente ingênuo — blogue Design Observer produziu algumas novas matérias sobre o tema. Vale a pena registrar: As incríveis aventuras das arquitetas na América, por… Continue lendo temas dos anos 1970 novamente em voga na imprensa especializada dos anos 2010…

'pense diferente'

Reinhold Martin (citado na postagem anterior sobre arquitetura pós-moderna) assim inicia o primeiro capítulo de seu livro Utopia's Ghost: "Pense." Por volta de 1911 este já havia se tornado um lema corporativo. Por volta dos anos 30, na forma de slogan da International Business Machines (IBM), ele anunciava a formalização do que viria a ser… Continue lendo 'pense diferente'