imagens da quarentena (26/3): caixinha d’A internacional

26 de março de 2020, quarto dia da quarentena Alguns anos atrás passeávamos num fim de tarde pela Praça da Figueira, em Lisboa. Era nossa primeira vez naquela simpática cidade e tudo era novidade: deparamo-nos, então, com uma discreta lojinha de bonecas posicionada no corredor de acesso de um edifício residencial. O local — o… Continue lendo imagens da quarentena (26/3): caixinha d’A internacional

frank lloyd wright, designer gráfico

O material gráfico produzido por Frank Lloyd Wright e pelo seu escritório sempre me fascinou: desde seus desenhos e perspectivas peculiares e dotados de uma linguagem própria até a caligrafia característica adotada. Seu jeito elegante, por exemplo, de traçar os letreiros de seus desenhos — meio art déco, meio arts & crafts, mas ainda assim… Continue lendo frank lloyd wright, designer gráfico

pedagogia da esperança e os olhos para o gato

Em Pedagogia da esperança, Paulo Freire recorda ideias e episódios que lhe ocorreram ao longo de sua trajetória. Recorda-se, em certo momento, de uma interessante história sobre criatividade, liberdade, coerção e desestímulo: […] Claudius Ceccon, o notável cartunista brasileiro, residente, então, em Genebra, me contou o seguinte caso, ocorrido com Flávio, seu filho. Um dia… Continue lendo pedagogia da esperança e os olhos para o gato

ainda le corbusier em pessac: "necessidade" e "função"

Jeremy Till, arquiteto e professor britânico, tece algumas breves considerações sobre a Cité Frugès, projeto de Le Corbusier em Pessac, Bourdeaux (França) que já havia sido comentado aqui: Em sua meticulosa documentação da moradia em Pessac, Philippe Boudon argumenta que a combinação do projeto original de Le Corbusier com as irrepreensíveis tendências “faça-você-mesmo” de parte… Continue lendo ainda le corbusier em pessac: "necessidade" e "função"